ON

ON

Previsões Windguru Troia-Setúbal 3 Dias

Procura algo procure aqui

Google

Vídeos de Pesca

Loading...

terça-feira, 1 de maio de 2007

Bicas em Pesca de Alto Mar

Pagellus erythrinus – Bica
Um blog que fala de Pesca de Alto Mar terá necessáriamente que ter ,um tema sobre espécies de peixes mais comuns capturadas na nossa costa Portuguesa,por isso hoje,vou iniciar aqui e tentar desenvolver, espécie a espécie o melhor possível,até porque não sou dono da verdade,aprendo todos os dias,e em pesca como já referi muitas vezes, cada pescador tem as suas teorias ,e este desporto nunca será uma ciência exacta por mais experiência que se tenha: “Espécies mais comuns capturadas em Portugal na Pesca de Alto Mar”,Vou tentar falar da descrição científica de cada espécie sem exaustão,da minha experiência ou inesperiência na mesma,e tudo o que possa estar relacionado com esta éspecie.E vou começar pelas tão apreciadas Bicas.
Familia:Sparidae
Ordem:Peciformes
Classe: Actinopterygii (peixes com raios nas barbatanas)
Nome Básico do Peixe: Common pandora
Tamanho máximo:60.0 cm; Peso máx. publicado: 3,240 g
Ambiente: bentopelágico ; intervalo de profundidades - 300 m
Clima: subtropical; 60°N - 10°N
Distribuição:Atlântico oriental,Noruega e Mediterrâneo até a Guiné-Bissau,incluindo Madeira,Cabo Verde e Ilhas Canárias.Raramente encontrada na Escandinávia.
Identificação:12 espinhas dorsais-10-11 raios dorsais-3 espinhos anais-8-9 raios anais
-corpo vermelho sem listas ou barras.
Biologia:Encontra-se em várias profundidades mas básicamente no mediterrâneo a 200 metros e no Atlântico a 300m-Já sei que vão dizer que saem aos 80 metros e 60 metros mas normalmente se repararem pequenas,para um peixe que chega a 3,00 kgs e 60 cm,por isso há que procurar as grandes, a maiores profundidades.Gostam de fundos de rocha ,cascalho,areia e lama, e movimentam-se para águas mais profundas no Inverno.Omnivoro,mas também se alimenta de pequenos caranguejos,pequenos invertebrados,bivalves e peixes pequenos.São hermaphroditas as fêmeas viram machos ao fim do terceiro ano á volta dos 17 cm de comprimento.É de um valor gastronómico(sabor excelente) e comercial grande.
A sua pesca-(A minha experiência)
Medida Minima Oficial para Captura: 15 cm
Medida Minima Competição Pontuável: 18 cm
Qual é o pescador que não gosta de apanhar uma bica para a poder mais tarde colocar na mesa?Eu pessoalmente é dos peixes que mais aprecio.Tenho feito a maior quantidade de capturas no mar de Setúbal,em Sines,mas também já as fiz no Algarve na zona da Fuseta-Pedra do Barril.Os melhores resultados que fiz foi com camarão e lingueirão,mas também saem com bomboca,berbigão,ameijoa,vermes e pequenos carangueijos.Normalmente saem com estralhos maiores 35-40 cm como todo o peixe maior.É um peixe que bate sério sendo sempre um prazer a briga com uma bica..Por vezes pouco se sente na sua abordagem ao isco,outras vezes chegam, abocanham o isco sem pedir licença e práticamente ferram-se sózinhas.É um peixe que anda misturado com outras espécies.Óbviamente é um peixe que de alguma forma não aparece sempre, comparado com outras espécies,até porque os maiores andam mais fundo, vimos segundo dados cientificos até 300 metros no Atlântico.Os dados científicos foram recolhidos na base de dados “fishbase”

Froese, R. and D. Pauly. Editors. 2007.FishBase.World Wide Web electronic publication.www.fishbase.org, version (02/2007).
Até já.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tempo

Ultimas Notícias

****Carlos Motaco do Clube Companhia dos Mares sagrou-se Campeão Nacional de 2008-Célio Alves Campeão Nacional 2009****