ON

ON

Previsões Windguru Troia-Setúbal 3 Dias

Procura algo procure aqui

Google

Vídeos de Pesca

Loading...

sábado, 9 de junho de 2007

Loligo Vulgares-Lula em Pesca de Alto Mar

Continuando com o tema: “Espécies mais comuns capturadas em Portugal na Pesca de Alto Mar”, vou tentar falar da descrição científica da espécie sem exaustão,da minha experiência ou inexperiência na mesma,e tudo o que possa estar relacionado com o Loligo Vulgares-Lula
Família: Loliginidae
Ordem: Teuthida
Classe: Cephalopoda
Nome Básico do Invertebrado: Lula Vulgar
Tamanho máximo registado:64 cm; A maioria das lulas não tem mais que 60 cm de comprimento, mas já foram identificadas lulas gigantes de outras espécies(Architeuthis dux) com 14 metros (já foi identificada uma lula com 450 kg). Estas são os maiores invertebrados do mundo,que vive normalmente em profundidades de 200-400m.
Ambiente: intervalo de profundidades – 10-200 m(mais comum) até 400m
Distribuição:Atlântico Oriental,Portugal,Norte de África a Angola incluindo o Mediterrâneo,Ilhas britânicas e Irlanda.
Biologia:Parece não ter preferência por um tipo de fundo particular,apenas quando da altura da desova entre Março e Agosto a presença de algum substrato no fundo para a fixação dos seus ovos.A lula tem dez tentáculos, dos quais dois se destacam. As lulas têm cromatóforos na sua pele e a capacidade de expelir tinta como resposta a uma ameaça. Sendo coleóides, têm um endoesqueleto que na lula é uma placa única. As lulas movem-se por intermédio de propulsão, ejectando grandes quantidades de água armazenadas na cavidade do manto, através de um sifão de grande mobilidade e capacidade de direcionamento dos jactos. Seu corpo tem a forma de um torpedo, suas nadadeiras laterais são usadas como estabilizadores e seus braços unidos funcionam como um leme. O sifão pode estar direccionado anteriormente ou posteriormente, para permitir o nado para frente ou para trás,e tem uma visão muito boa.São carnívoras,alimentam-se de pequenos peixes e crustáceos e também se devoram umas ás outras. A presa é segura pelos seus tentáculos.O principal órgão de ingestão é um par de poderosas mandíbulas móveis, em forma de bico, que podem cortar e rasgar a presa. Como ajuda complementar para matar a vítima, existe um par de glândulas salivares que se transformou em glândulas de veneno. É de um valor gastronómico(sabor excelente) e comercial grande.
A sua pesca-(A minha experiência)
Medida Mínima Oficial para Captura: 10 cm
É uma pesca interessante até pelo prazer gastronómico que proporciona.Normalmente de dia as lulas afundam mais,sendo mais difícil a sua captura mas também se capturam.Normalmente quando se sabe da presença delas por determinada zona normalmente no verão,e quando vou pescar ao peixe dito normal,costumo colocar um squid(palhaço) no inicio da montagem por cima dos outros dois anzóis!Em vez de um estralho com anzol coloco um estralho com o palhaço 15-20 cm.Já tenho tido muito boas surpresas ao fazer isto,obviamente nem sempre com sucesso.Muita das vezes é por falta de lembrança em colocar o palhaço,outras é porque a malta diz “Isso afasta o outro peixe dos anzóis).Sobre esta questão da presença do palhaço por cima dos outros dois anzóis ,e se afasta ou não o resto do peixe,sinceramente ainda não consegui chegar a alguma conclusão, nem se afasta ou não afasta.O palhaço dentro de água tem um comportamento igual a um peixe,fica perfeito.De noite principalmente naquelas noites de verão em zonas iluminadas,luas cheias, a pesca á lula é bastante produtiva,pois elas são atraídas pela luz,e ai vale a pena utilizar uma montagem como já foi descrita em post anterior,fazendo movimentos para cima e para baixo na perpendicular na altura de água onde tenhamos dado com a presença delas,ou simplesmente pousando a cana na borda do barco que a ondulação acaba por fazer o resto.A cadência,a velocidade dos movimentos necessários executar, para dar origem ao ataque do palhaço por vezes,só na altura se percebe o que fazer, e como elas reagem.Depois de fisgadas a recuperação deve ser feita com aluma calma para não se soltarem.Uma pesca a praticar mais dedicada nomeadamente no Verão.
Os dados científicos e biológicos parte recolhidos :
http://pt.wikipedia.org/wiki
http://www.cephbase.utmb.edu/spdb/speciesc.cfm?CephID=188
Até já.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tempo

Ultimas Notícias

****Carlos Motaco do Clube Companhia dos Mares sagrou-se Campeão Nacional de 2008-Célio Alves Campeão Nacional 2009****