ON

ON

Previsões Windguru Troia-Setúbal 3 Dias

Procura algo procure aqui

Google

Vídeos de Pesca

Loading...

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Iscos-ganso-parchal

Depois de alguma falta de periocidade,nas minhas postagens derivado a questões pessoais, aqui volto novamente para continuar este trabalho e falar de pesca desportiva de alto mar.Hoje quero aqui falar do ganso,ou parchal no fundo deste tipo de vermes.O ganso não é na realidade um isco que utilize muito na pesca de alto mar.É um isco que utilizava na pesca de costa(fundo e chumbadinha),no inicio desta paixão que é pescar,pois é rijo e aguenta-se bastante tempo no anzol.Quantas vezes,se leva ganso,para o alto mar e o peixe não lhe toca,não quer,etc.Em Setúbal muitas vezes funciona bem ,fazendo iscadas (chamas de sandes mistas) de berbigão,travado com ganso no anzol.Mas em determinadas alturas com água lusa,e porque o peixe se encontra a comer mal,apenas a ratar uma parte do isco,o ganso pode ser fundamental para as capturas.Bem iscado generosamente em quantidade,e porque é um isco rijo,o peixe é obrigado a um esforço maior para o retirar do anzol denunciando a sua presença,não o consegue ratar,a exemplo de iscos como berbigão ou ameijoa mais suaves e mais fáceis de morder nas pontas.Nestas situações digamos que a nossa sensibilidade,aos toques aumenta e por consequência a possibilidade de ferragem também.O peixe com o ganso é obrigado a abrir a boca como deve ser,pois não consegue retirar o isco fácilmente, e por sua vez a ferragem concretiza-se.O besugo é o exemplo de um peixe que adora ganso,e nos dias em que os seus toques, com outros iscos, quase não se percebem,com o ganso a conversa já não é assim.Mas há dias e horas, em que o peixe nem com ganso nem com nada.É esta a paixão da pesca,nunca há certezas e dias iguais.Até já.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tempo

Ultimas Notícias

****Carlos Motaco do Clube Companhia dos Mares sagrou-se Campeão Nacional de 2008-Célio Alves Campeão Nacional 2009****