ON

ON

Previsões Windguru Troia-Setúbal 3 Dias

Procura algo procure aqui

Google

Vídeos de Pesca

Loading...

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Homem autodestrói-se

Assistimos actualmente na sociedade humana, a um delapidar de valores que vão concerteza influenciar o futuro da raça humana, quer no seu comportamento , quer na integração do homem na natureza e daquilo de que dela restar . Valores como amizade, casamento , conduta com o próximo, respeito pelo ambiente, respeito pelos animais, respeito pelo homem, estão na realidade a acabar, pelo egoísmo individual e colectivo que visa apenas um objectivo! O dinheiro ,o lucro , o bem estar e o interesse individual ou pequeno colectivo. O Homem está na realidade a destruir-se a si próprio, tornou-se egoísta, deixaram de existir sentimentos e valores! Passou a existir, a racionalidade e o pragmatismo, que visa apenas a obtenção de dinheiro ,quanto mais fácil melhor , alimentando o materialismo que depois de obtido, é entendido como conceito de felicidade e satisfação.Com o papel das religiões, cada vez mais longe do Homem e da Mulher (apesar dos esforços de todas elas, em continuar a mostrar regras e valores de estar na vida corretos) ,o Homem vai-se perdendo, influenciado pelos media,pelos conceitos que nos invadem o nosso lar, perseguindo valores e ideias que levam a conceitos de felicidade descartáveis, pontuais, longe daquilo que é natural e que devia ser o papel do homem integrado na natureza e na suas relações com o semelhante. Um dos exemplos actuais de agressão ao meio ambiente, tem a ver com a pesca desenfreada a todas as espécies de tubarões, que está a influenciar as espécies mais importantes para o Homem. Pela falta de tubarões, espécies da sua cadeia alimentar como focas e outros mamíferos marinhos, proliferam e alimentam-se de espécies de peixes mais pequenos de maior interesse para a cadeia alimentar do Homem. Em determinadas zonas do mundo, onde as populações vivem essencialmente do que retiram do mar, existiu falta de peixe em certas áreas de pesca, originando em muitas aldeias, vilas etc, problemas sociais graves com aumento de prostituição, desemprego e toxicodependência. A carne, a pele, o fígado ,as barbatanas deste predador tem utilidades várias para o Homem daí o seu valor comercial e a pesca em excesso. O desaparecimento dos grandes tubarões está a interferir no ecossistema marinho, provocando rombos irreparáveis em espécies pescadas pelo ser humano. Segundo dados da FAQ, um organismo das Nações Unidas, os navios de pesca portugueses capturaram em 2005, 15360 toneladas de tubarões, com destaque para a tintureira(mais de metade do total).Este valor confere o 3º lugar a Portugal na lista dos países europeus que mais tubarões pesca. O Tubarão é um predador sensível, crescem lentamente ,têm um amadurecimento sexual tardio e produzem poucas crias. Quando dizimadas pela pesca as suas populações, demoram muito tempo a recuperar. Por outro lado, paralelamente também o Homem está preocupado também com si mesmo e com a natalidade!Incentivos há natalidade de vários países, mostram que cada vez nasce menos gente, fruto dos cada vez mais divórcios, das dificuldades sociais e financeiras de muitas uniões, da tal noção de bem estar que o homem adquiriu e o tornou egoísta,com insatisfação premanente . A lista vermelha da IUCN (União internacional para a Conservação da Natureza),revela que um terço dos tubarões ,raias e mantas na Europa está ameaçada de extinção. A captura tem aumentado entre 1990 e 2003 cerca de 22%.A UE é uma potência mundial no comércio global de tubarões ,tendo a Europa em 2004 importado mais de 26 mil toneladas de carne de tubarão. Portugal em 2006 importou 3 mil toneladas ,sendo um comércio crescente na Europa. Dentro das espécies de tubarões capturadas em Portugal temos o cação, o barroso, as tremelgas ou os tubarões anjo ,apresentando todos eles indícios de sobreexploração. Conclusão apesar do esforço de muita gente credenciada em alertar para tantas questões que influenciam a vida do Homem e da natureza negativamente ao agredi-la, continuamos a assistir há destruição da mesma, do próprio homem, que por sua vez se destrói também a si próprio como ser. Está na hora de pensarmos, reflectirmos um pouco e inverter o rumo dos acontecimentos, se não queremos também um dia ser uma espécie em extinção,nós nascidos, já não passaremos por isso,mas é preocupante e grave para as futuras gerações, que pelas estatísticas cada vez mais, são em menor número. Até já
Algumas citações e dados in Correio Da Manhã.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tempo

Ultimas Notícias

****Carlos Motaco do Clube Companhia dos Mares sagrou-se Campeão Nacional de 2008-Célio Alves Campeão Nacional 2009****