ON

ON

Previsões Windguru Troia-Setúbal 3 Dias

Procura algo procure aqui

Google

Vídeos de Pesca

Loading...

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Competição-Técnicas versus leitura do pesqueiro

É um facto que a pesca como actividade desportiva ou lúdica, tem tido um aumento de praticantes no decorrer dos últimos anos. Na pesca de Alto Mar existe uma grande diferença entre pescar em competição e pescar de uma forma lúdica. Parece-me pacifica a ideia que a evolução técnica do pescador ao nível do resultados, acontece gradualmente quando envereda pela área de competição. Em competição, a confrontação com os resultados mais positivos dos adversários, obriga o pescador a tentar superar sempre os seus resultados obtidos através do seu desempenho! Treinando, evitando erros passados, evoluindo nos equipamentos e materiais utilizados e na forma como entende a pesca. Este tipo de pesca é uma pesca que vive muito de pormenores técnicos! Existem na realidade determinados tipo de materiais que já foram testados por muita gente ligada ao meio, e aqueles pequenos pormenores e técnicas que na altura podem fazer a diferença. Tenho lido em muitas publicações mensais e virtuais abordar assuntos de ordem técnica uns de maior ou menor qualidade, como com toda a certeza acontece nos muitos posts que escrevo aqui pelo Blog! Mas observo muita vez naquilo que leio, alguma falta de objectividade e pragmatismo, no sentido de aprendizagem e formação. Por mais básicos que possam ser os conhecimentos técnicas que escrevo aqui pelo Blog, comparados com outros conhecimentos de outros companheiros ,tento sempre quanto possível transmitir objectivamente e de uma forma prática aquilo que sei. Não sei se o tenho conseguido mas esforço-me por isso! Sou dos que defendem a ideia que só transmitindo o pouco que se pode saber e dominar sobre pesca, pode trazer mais gente nova para a competição, e assegurar o crescimento e a continuação da modalidade no futuro, mesmo que isso possa a vir a comprometer um pouco os resultados pessoais. Quem faça competição já alguns anos, conhece a maioria das diferentes formas de pescar dos que estão no topo, bem como os materiais e equipamentos utilizados. Muitos chegam a determinadas soluções técnicas, através de muito investimento, muito teste, muito treino e horas de mar. Outros apenas utilizam determinadas técnicas consideradas ideais apenas porque A,B,C ou D de renome, utiliza ou aconselhou, o que também não pode ser criticável, pois muita gente também não tem tempo nas suas vidas pessoais, para se dedicar 100% à modalidade e testar muita coisa. Mas há uma coisa que não se consegue ensinar aqui virtualmente ou noutras publicações e isso chama-se leitura do pesqueiro. A leitura do pesqueiro é feita através de muita observação, e de concentração extrema baseada em anos de experiência! Tentar perceber o que se passa na profundezas do pesqueiro no momento da competição, ao nível do comportamento do peixe residente, espécies, correntes, fundos, etc..é que vai definir a nossa estratégia para o momento: a montagem mais adequada, os anzóis correctos, os fios mais certos, a chumbada adequada, o isco dos disponíveis, que funciona melhor e se apresenta mais atractivo. Quer tudo isto dizer que têm que existir muitas alternativas disponíveis no momento de competir, para que rapidamente se possam adaptar ás condições e leitura do pesqueiro feitas. Este é um dos fascínio da pesca desportiva e lúdica! Todos os dias o mar está diferente, o que funcionou hoje, amanhã já não funciona. A conjugação de muitas variáveis, em acção de pesca o mais correcta possível para o momento, pode significar mais uns pontos, a diferença entre ficar em 1º ou 2º. Até já.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tempo

Ultimas Notícias

****Carlos Motaco do Clube Companhia dos Mares sagrou-se Campeão Nacional de 2008-Célio Alves Campeão Nacional 2009****