ON

ON

Previsões Windguru Troia-Setúbal 3 Dias

Procura algo procure aqui

Google

Vídeos de Pesca

Loading...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Fios na bobine do carreto - Verificação e Manutenção

Por vezes descuidamos um pouco o estado dos fios que se encontram nas bobines dos nossos carretos. Existem alguns cuidados importantes para uma boa manutenção do fio, são acções que eu executo com alguma periodicidade, e que seguidamente passo a enumerar.
1-Depois de uma ida ao mar e no mesmo dia a bobine é lavada em água corrente abundantemente. Uma outra forma é colocar a bobine dentro de um vasilhame com água cerca de meia hora com o intuito de dissolver e retirar o máximo de sal que possa estar dentro do fio. Colocar a bobine a secar em zona arejada.
2-Normalmente os fios com que bobinamos as bobines do carreto tem acima de 100 metros. Nos casos do multifilar muito utilizado em competição e na pesca lúdica, normalmente os primeiros 80 metros apresentam-se ao fim de algum tempo com algum desgaste pela utilização, podendo ser virados com nova rebobinagem, colocando a parte não utilizada a que ficava dentro da bobine, como a primeira a sair do carreto.
3-Mesmo que o fio aparentemente pareça estar bom, faça periodicamente uma desbobinagem e rebobinagem dos fios novamente nas bobines. Verifique enquanto faz isto se não existem nós nos fios ou zonas esgaçadas quase a partir. Verifique o estados das uniões que possam existir no fio. Retire todo o fio na totalidade até ao final da bobine mesmo os fios de enchimento, por vezes existe formação de calcário que ataca o metal da bobine corroendo-o, precisando ser removido.
4-Os fios bobinados devem preencher quase a totalidade da largura das bobines, apresentam assim uma melhor saída do carreto.
5-Aproveite na sequência para verificar o sistema de embraiagem. Na maioria dos casos a embraiagem do carreto é um sistema superior na bobine; Esta embraiagem é conseguida por aperto! Maior ou menor o aperto, assim a bobine mediante determinada força exercida no fio, roda deixando-o sair . Verifique a zona do aperto por vezes existe uma anilha em pvc ou similar: Se esta já tiver muito marcada, vire-a ao contrário ou em caso disso substitua-a. Tenha sempre todo o sistema limpo, aproveite um pincel ou escova de dentes para limpar estas zonas de impurezas ou depósitos de sujidade. Uma embraiagem a trabalhar bem pode significar o êxito na captura de um bom exemplar com muito mais segurança . Até já

Um comentário:

Anônimo disse...

Boas!

Quero felecitar-lhe não só por este post, mas sim por muitos outros que das 3 ou 4 vezes que cá vim tive o prazer de ler.

Como vou iniciar-me, este ano, nestas lides da competição de pesca em alto mar, as suas dicas são sempre uma boa ajuda.

Obrigado pela partilha e continuação!

Cumprimentos,
Filipe Cabeça

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tempo

Ultimas Notícias

****Carlos Motaco do Clube Companhia dos Mares sagrou-se Campeão Nacional de 2008-Célio Alves Campeão Nacional 2009****